terça-feira, 18 de agosto de 2009

se fossem moinhos os dragões...



se tivesse, além de duas mãos,
como Drummond, todo o sentimento do mundo,
o que faria? se fosse?
se acaso tivesse, como Pessoa, a certeza
de que não é nada, nunca será nada
e mesmo à parte isso, ainda carrega em si
todos os sonhos do mundo, o que sonharia?
se no creces em caminos, mesmo los sabiendo
existentes ( ...) como Leminski, iria?
em sendo como Lorca, a um gazel do desespero,
conhecerias o abismo?
e tendo o amor por maldição, como o anjo que foi torto,
perdoaria a vida por não crer?
e sendo eu, sem ser, saberia o que fazer?

Um comentário:

Aline disse...
Este comentário foi removido pelo autor.