terça-feira, 16 de agosto de 2011


o que ele diz?
ecoava longe
e do que tangia
era a caminho

o que diria, salve?
eram sussurros, sina
erram os sons

e era suave, sinta
algaravia, ouvia?

eram a sós, ouvimos

o que dobravam os cobres
e do silêncio que diziam os sinos




à Mariana Botelho

3 comentários:

Anônimo disse...

Gostei do seu blog. Parabéns.
http://youtu.be/pnwNNOWrbNI

Marluce Aires disse...

Amei seu poema, ele é simplesmente lindo!!!!!!
Continue escrevendo, na escrita transmitimos os nossos sentimentos.

Marluce Aires disse...
Este comentário foi removido pelo autor.