quinta-feira, 1 de outubro de 2009

quando



o tempo a laço se montou
em ares de espaço alhures
voejou por entre os astros, incabido
a desejar a noite em suas cores
se fez de eterno ao vento solto
e dardejou o sol de peito aberto
o tempo, esse filho louco da aurora
mudou de nome em segredo e me contou
agora é quando ao que responde
mas só no tempo em que, ao cabresto
em si de si se dominou

é sempre em mim

Um comentário:

Cαmiilα ♥ disse...

Segredos além do liquidificador.



Ps. Que imagem perfeita!
Amo estradas!
Ps². Saudade de você. Muita.

BeijOs meus